segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Você conhece?

Lembra que no último "Você conhece?" eu comentei sobre caixa surpresa de livros e que só encontrava elas no exterior e havia descoberto uma no Brasil?. Agora vamos à minha surpresa quando descobri que há outras caixas surpresa de livros por aqui. :)

Então, para quem não conhece, apresento à vocês a TAG Experiências Literárias.
Essa caixa de surpresas é diferente das outras pois todo mês um curador indica o livro que vai na caixa e esse livro pode ser de qualquer estilo literário. Muito bom para quem quer ampliar os horizontes.



E a The Gift Box que é uma box temática com diferentes planos, nos quais você pode receber livros, camisetas, marcadores entre outros mimos.


E você, já recebeu alguma caixa de surpresas literária? Conte aqui nos comentários!

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Resenha: Hecatombe Hipotética

Não lembro qual foi o último livro de poesia que li; faz tanto tempo que até comentei com a Cláudia sobre isso mas, como estou sempre aberta à literatura, aceitei ler o "Hecatombe Hipotética" e não me arrependi; redescobri a poesia e adorei. 

Hecatombe Hipotética

Autora: Claudia Gomes

Editora: Independente

Sobre o livro:

Claudia Gomes declara que se trata de um livro com poesias mais do que marginais, e sim experimentais. Sua escrita avança alguns padrões literários, sem rima ou métrica, onde se detém a demonstrar sua arte individual e seus sentimentos. O eu lírico e a autora se fundem propositalmente. Ela acredita que para escrever é preciso paixão. E alega: “Para mim a paixão é algo íntimo e pessoal, dentro da gente, e que podemos expressar de muitas maneiras, embora nem sempre sabermos lidar ou reconhecer a tênue linha entre a palavra e o "se expor", se expor é importante para que se obtenha alguma profundidade”.
O tema central da obra é a sua personalidade, conforme declara: “É a minha pessoa, eu mesmo, a minha intimidade. Eu falo de amor e de sonhos, com doses de humor, de sentimentos, de contemporaneidade, do dia a dia e dos pensamentos que a gente esconde até de nós mesmos”.
Dividindo-se entre a sua fonte inesgotável de criação e comemorando a sua mais nova obra, a autora deseja que todos se permitam “marginalizar’se”, pedindo uma boa e ousada leitura: “Não julguem-no pela capa. A capa é delicada e tem um ar “teen”, mas cuidado, pois esconde os gritos, o sexo, as histórias e os palavrões dentro de mim”. E de todos.

Meus comentários:

A capa e os desenhos do livro são meigos porém, na verdade, o livro é uma hecatombe; tem o trajeto do dia, a viagem e a noite; tem o sexo e o amor; o começo e o fim; e a construção e a desconstrução.

Notei muito essa desconstrução nas poesias; tive essa sensação de começo e fim muito forte e algumas poesias, aquelas nas quais eu me encontrei, trouxeram sentimentos mais fortes ainda.

"Palavras em tubos de ensaio, frases cozinhando num béquer, letras destiladas. Foi um processo fazer este livro. Poesia é uma fórmula muito pessoal, e eu espero que a gente tenha química". 

Resumindo: A história é uma hecatombe, que por enquanto ainda é hipotética (e poética).
Para ler quando quiser desconstruir.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Você conhece?

Já faz um tempo que eu admiro as caixas surpresas literárias, nas quais você paga um valor mensal e recebe um livro e alguns itens literários de surpresa, mas só encontrava elas no exterior e sempre achei o frete internacional absurdo.

Recentemente descobri que foi lançada uma caixa surpresa de livros YA (Jovem Adulto) aqui no Brasil, o "Turista Literário" e trouxe a novidade para quem não conhece.


E você, já assinou alguma caixa de surpresas literária? Conte aqui nos comentários!

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Resenha: Um Toque de Morte

Imagine como seria descobrir que um toque seu pode matar? Como ficaria a sua consciência?

Um Toque de Morte

Autora: Luiza Salazar

Editora: Draco

Sinopse:

E se a Morte estivesse sempre ao alcance de suas mãos?

Pode me chamar de Kat. Eu daria tudo para ser apenas uma jovem universitária, preocupar-me com os assuntos discutidos nos trens, nos corredores das escolas, nas ruas: qual roupa vestir na festa, qual o futuro da política do país, quem vai ganhar o jogo esta noite. É, você entendeu.
Mas na minha cabeça só há espaço para uma preocupação: quem será a minha próxima vítima.
Eu sou uma Ceifadora. Isso significa que posso matar com um simples toque das mãos, um dom que desejava todos os dias não possuir. Mas quando aqueles dois estranhos apareceram na minha vida e fizeram tudo virar de pernas pro ar, comecei a entender que existem pessoas que fariam de tudo para controlar esse meu poder indesejável. Até mesmo me matar. É até irônico, né?

Um Toque de Morte é um romance fantástico de Luiza Salazar, uma aventura pelas sombras que se escondem nos becos da cidade.

Não se deixar envolver, não se aproximar demais. Essa é a maldição dos Ceifadores, não poder sentir o mundo com a própria pele.

Resenha:

"Um Toque de Morte" é bem diferente dos clássicos romances fantásticos com lobos e vampiros; no livro existem pessoas com talento, como os ilusionistas, ventríloquos, deslocadores e a personagem principal da história, Kat, que é uma ceifadora.

Ser uma Ceifadora significa que sou e sempre serei uma assassina, afinal foi a natureza que me fez assim, certo? Minha consciência está em um estado de constante adormecimento, já que não consigo lidar com o julgamento da minha própria cabeça vinte e quatro horas por dia.

Kat conhece algumas pessoas com talento, ela vê muitas delas por causa do bar onde ela busca serviços com o Chefe, mas durante o livro ela descobre que esse mundo é muito maior do que ela imaginava. Porém, essa descoberta vem com uma escolha; e a dúvida final é se a Kat vai escolher o lado bom ou lado mau?

Resumindo: A história é uma mistura de magia, romance e descobertas.
Para ler quando quiser se surpreender.

domingo, 5 de junho de 2016

Aprendi por aí #1

Você conhece o Jose Gutierrez?
Jose Gutierrez trabalha como gari há mais de 20 anos e coleta livros que são jogados no lixo; com esses livros ele montou uma biblioteca em sua casa, para que todos pudessem ter acesso à eles.

"Bogotá conta com 19 bibliotecas públicas, em uma cidade com mais que 8 milhões de habitantes; o problema é que essas bibliotecas estão longe das áreas mais carentes mas elas deveriam estar em todos os bairros e em cada esquina dos bairros, de todas as cidades".


Fonte: The Star

Temos muito o que aprender com pessoas como Jose Gutierrez e eu realmente espero que ele consiga levar esse amor pela leitura para muitas outras pessoas.

domingo, 15 de maio de 2016

Resenha: Super Desapegada

Que mulher nunca teve um amor platônico? Pode ter sido um crush literário, uma palpitação por um ator famoso ou um amor escondido por um amigo, como o da Raquel em Super Desapegada; e é sobre essa história que vou falar agora.

Super Desapegada

Autora: Jaqueline de Marco

Editora: Draco

Sinopse:

Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog Super Desapegada motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web Raquel não é tão descolada assim e carrega há muito tempo um amor platônico por Alan, seu melhor amigo de infância. Em seu aniversário de trinta anos, Raquel descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de Eric, seu rival nos tempos de escola. Para conseguir acabar com o casamento e conquistar de vez seu grande amor, a blogueira precisa se aliar ao sarcástico Eric. Porém logo ela começa a perceber que essa parceria pode render muito mais do que imaginava.

Resenha:

Raquel está completando trinta anos e decidiu que, no seu aniversário, ia revelar ao seu amigo Alan que está apaixonada por ele faz mais que 15 anos; mas o que ela não esperava é que ele também tinha algo para contar: que estava noivo da Bianca, uma antiga amiga de infância.

A notícia não foi bem recebida por Raquel e ela decide que precisa acabar com o casamento para poder viver seu grande amor; o que ela não sabia é que essa aventura ia trazer muito mais do que isso, mas só lendo o livro para saber mais.

"Sua vida estava longe de ser uma comédia romântica. Talvez um suspense alemão ou um drama mexicano, quem sabe?"

A Raquel amadurece e se descobre ao longo da história; o livro é uma verdadeira comédia romântica, daquelas que te fazem pegar a pipoca, torcer e se apaixonar pelos personagens. 

Resumindo: A história é uma mistura de diversão, amor e amizade.
Para ler quando quiser se apaixonar.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Objetos de desejo

Além de uma extensa lista de livros desejados, todo leitor tem algum objeto de desejo que remete a algum livro ou ao ato de ler e essa coluna veio para ajudar a aumentar a já longa lista de objetos desejados.

Eu adoro joias que estão relacionadas a livros; é como se eu pudesse carregar uma parte da história comigo. E quando eu encontro uma joia linda, como essa da foto abaixo, é paixão na certa.


O colar da foto acima é vendido pelo "Literary Emporium"e se refere ao livro "Jardim Secreto" do Francis Hodgson Burnett. Já entrou pra minha lista de objetos de desejo! =)

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Ah, os lugares aonde você irá!

Olá,
Você já ouviu falar do Dr. Seuss?

Ele é o autor infantil mais famoso dos Estados Unidos, com cerca de 60 livros publicados, e algumas de suas obras: O Grinch, O Gato, Lorax: Em busca da Trúfula Perdida e Horton e o Mundo dos Quem, foram adaptadas para o cinema.

Com certeza você deve conhecer algum desses filmes porém, infelizmente, os encantos dos livros do Dr. Seuss não são tão conhecidos no Brasil.

Tristeza de lado, esse post é sobre um livro em especial; "Ah, os lugares aonde você irá!", publicado em 2001 pela Companhia das Letrinhas, foi a inspiração para uma nova coluna do blog, que trará lugares maravilhosos para os amantes de livro.

Enquanto a coluna não vem, deixo vocês com um trecho do livro e um vídeo feito no festival Burning Man (clique no mais para ver).

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Bem-vindo (novamente)

Olá querido leitor desse texto,

Quer essa seja sua primeira visita ao blog ou alguém que sempre visita, se olhar meus posts anteriores vai perceber que eu não fui muito presente durante a trajetória do blog. O fato é que eu nunca fui muito feliz em só fazer "resenhas" e não sou tão boa escritora (eu trabalho com finanças e sou bem melhor com números do que com palavras!).

Por isso, depois de muitas idas e vindas, decidi que, se fosse continuar com o blog, ia criar algo novo para mostrar a beleza da literatura não apenas pelos comentários sobre um livro.

Idéias no papel, layout novo no blog e agora eu desejo que todos sejam muito bem vindos! Você vai encontrar no blog muita coisa relacionada a literatura e espero que goste!

terça-feira, 17 de março de 2015

Primeiras Impressões #8


Embora não seja feriado no Brasil e muita gente não saiba o significado, hoje é celebrado em muitos lugares o "St. Patrick's Day".
Para quem não sabe, o dia na verdade é um feriado religioso; São Patrício foi responsável por trazer o cristianismo de volta à Irlanda e ele usou o trevo de três folhas para representar a Santíssima Trindade: Deus, do Filho e do Espírito Santo.

O dia 17 de março é comemorado pelo mundo a fora como o dia de São Patrício e, para comemorar a data, o "Primeiras Impressões" de hoje traz algumas capas de livros verdes. =)

Livro: A namorada do meu amigo

Autora: Graciela Mayrink

Editora: Novo Conceito

Primeiras Impressões:

Sabe quando você começa a ler o primeiro capítulo e já se apaixona? Foi assim com "A Namorada do Meu Amigo". Me encantei com a história e o livro entrou na lista de desejados!



Livro: E se fosse verdade

Autor: Marc Levy

Editora: Suma de Letras

Primeiras Impressões:

Ok, eu confesso que esse livro entrou na lista quando vi o filme, mas ler o primeiro capítulo já me fez perceber que o livro tem muito mais história (como sempre, o livro deve ser melhor que o filme) e eu fiquei com muita vontade de ler.


Livro: Aprendiz por Acaso


Autora: Vikas Swarup

Editora: Paralela (Companhia das Letras)

Primeiras Impressões:

Sou apaixonada por livros que retratam outras culturas (é uma forma de conhecer um pouco mais do mundo sem sair do lugar!) e o primeiro capítulo de "Aprendiz por Acaso" não podia ser mais perfeito nesse quesito. Já anotei na lista de desejados!

E você, tem algum livro de capa verde para indicar?

Boa leitura!